SOBRE FILMAR AULAS

Nunca permiti que filmassem minhas aulas. Abri exceção uma vez, permitindo gravação em áudio, por causa de um aluno cego que não conseguia fazer anotações. Filmagens nunca.

Explico: sou contratado para dar aquela aula específica. Preparo a aula, levo algumas horas, entro em sala e trato do tema por duas horas seguidas. Não vendi minha aula para ser reproduzida sei lá quantas vezes para quantas pessoas. Não assinei nenhum contrato de EaD com a universidade para que minha aula seja reproduzida à exaustão para quem quiser assistir. Se meu contrato de trabalho tivesse sido esse, as minhas aulas estariam disponíveis para os alunos matriculados no curso. Eu cobraria, ou tentaria cobrar, pela minha produção intelectual, uma espécie de direitos autorais, e pelo uso de imagem. Não é o caso.

O argumento “ah mas o aluno pode querer tirar dúvidas” não cola. Basta me procurar nos meus horários. Ou “e se o aluno faltar, como é que fica?”, minha resposta é simples: a obrigação do aluno é estar em sala de aula, não no jogo do Curintcha, não no botequim, não no escritório. Ele paga por aquela aula e pronto. Perdeu, vire-se.

“Pô, Ulanin, você é muito mercenário!”

Que seja. Vivo disso. Não fiz voto de pobreza, ainda que a escolha dessa profissão se aproxime muito disso.

Anúncios

Um comentário em “SOBRE FILMAR AULAS

  1. Me espanta o quanto as pessoas desvalorizam o trabalho do professor.

    Os escritores e músicos defendem ferozmente seu trabalho, cobrando taxas por publicação e gravação, processando por uso indevido. Mas o professor, coitado, que passa anos pesquisando, escrevendo, se preparando — mesmo os professores do ensino básico e médio passam muitas horas criando estratégias e métodos para facilitar o entendimento de matérias complexas para seus alunos — deve considerar seu trabalho como “público”?

    Muito, muito injusto.

    (Bem-vindo de volta ao mundo dos blogs, meu amor)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s